Mais voos para o Brasil? Iceland Air assume gestão da TACV

por

Recentemente, eu voei para a Europa pela Cabo Verde Airlines, mais conhecida como TACV, e descrevi minha experiência aqui no blog (Brasil-Europa: vale a pena voar de TACV?). O post teve grande repercussão e se tornou um dos mais lidos do site, afinal, muita gente tem curiosidade em saber sobre a qualidade dos serviços prestados por esta companhia, pois ela é imbatível em relação a preços em comparação com a TAP, por exemplo, empresa que mais conecta o nordeste brasileiro ao Velho Mundo.

Muitos rumores sobre o futuro da TACV também vinham à tona quando se pensava em comprar um bilhete para viajar com ela, pois a empresa é estatal e não é segredo para ninguém que ela passa por dificuldades financeiras. Mas agora chegou uma boa notícia que hoje compartilho com vocês.

O grupo Icelandair, da Islândia, assume a partir de segunda-feira (14) a gestão do negócio internacional da TACV, iniciando o processo de privatização da empresa. Para quem não sabe o grupo islandês tem mais de 80 anos de história.

A informação chegou ao Blog Andarilho por meio do deputado da Nação de Cabo Verde, Nelson Brito, nosso amigo e leitor. Conforme disse, a Icelandair torna-se agora um parceiro estratégico para a TACV, o que pressupõe mais aviões, mais voos e mais ligações para o Brasil, Europa, África e Estados Unidos.

A notícia também saiu em vários sites cabo-verdianos e do governo daquele país.

O contrato de gestão da TACV Internacional, que ainda não indica a compra da empresa, foi assinado ontem, na cidade da Praia, pelos ministros cabo-verdianos das Finanças, Olavo Correia, e da Economia, José Gonçalves, pelo presidente e Administrador Executivo da TACV, José Luís Sá Nogueira e Armindo Sousa, respetivamente, e pelo vice-presidente da Loftleider Icelandic, pertencente ao grupo Icelandair, Erlendur Svavarsson.

Icelandair assume gestão internacional da TACV

A Icelandair vai reforçar a frota internacional da TACV, chegando a 11 aviões em três anos

Mais aviões para a TACV

Gonçalves indicou que a Icelandair vai reforçar a frota internacional da TACV com mais dois aviões, aumentando para cinco até o fim de 2018 e 11 aeronaves dentro de três anos. O contrato de gestão terá a duração de um ano, renovável por igual período, caso a privatização não acontecer antes.

Conforme Nelson Brito sinalizou em uma conversa com o Blog Andarilho, as viagens para e do Brasil (que hoje se resumem a uma frequência semanal a partir de Fortaleza e Recife) poderão ter mais frequência e deverão utilizar tanto o Aeroporto de Praia e como do Sal (também em Cabo Verde).

Aeroportos de Cabo Verde passam por reformas

Ambos os aeroportos, contou ainda o deputado, estão em obras para beneficiar os passageiros. “As obras do aeroporto da Praia (novo terminal) deverão estar concluídas no primeiro trimestre de 2018 e as do Sal estão mais avançadas”, adianta.

Gente, eu fico muito feliz com a notícia, pois realmente gostei de voar pela TACV, não só pelo preço, mas também pela cortesia dos funcionários e condições da aeronave que faz a rota internacional da empresa. O avião não tem luxos, mas é mantido em excelente condições técnicas e de limpeza e atende muito bem.

Futuro longo à TACV! Que ela possa crescer e aumentar a concorrência entre as empresas que voam do Nordeste do Brasil para a Europa, no momento praticamente monopolizada pela TAP.

Só quem ganha somos nós consumidores. Só espero que a TACV continue a vender passagens aéreas a preços competitivos e não se torne cara com a sua privatização!

Gostou dessa notícia? Então, que tal compartilhar este post com seus amigos nas redes sociais para que eles também fiquem sabendo. Os botões de compartilhamento estão no início e no fim do texto.

E para acompanhar tudo que acontece no Blog Andarilho siga a gente no Facebook, no Instagram e no Twitter e também não deixe de se cadastrar para receber a nossa Newsletter.

1 resposta
  • luis candeias
    agosto 11, 2017

    Esperemos que a TACV faça frente à TAP, com a nova gestão, ja que os preços praticados por esta estão um absurdo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *