Veneza poderá cobrar ingresso para visitar a Praça de San Marco

por

Por essa ninguém esperava! Veneza, na Itália, poderá cobrar ingresso para visitar a Praça de San Marco, seu principal ponto turístico. Tudo para poder controlar o número de turistas que passam pelo destino. Sem contar que a Câmara de Veneza já autorizou, como medida nessa direção, a instalação de um sistema para contar pessoas em lugares estratégicos da cidade. A decisão foi tomada no fim de abril deste ano.

E como se não bastasse ter de comprar um tíquete pra visitar um dos principais cartões postais de Veneza, o turista ainda precisa reservar com antecedência a data e o horário.

A ideia do ingresso, segundo publicou Agência de Notícias Italiana no Brasil (Ansa Brasil), é uma das 23 propostas de projetos feitas por associações, sindicatos e cidadãos ouvidos nos últimos meses por comissões municipais para conseguir regular o fluxo de turistas em Veneza, principalmente de quem faz passagens rápidas, como cruzeiristas, por exemplo.

As primeiras experiências da medida poderão acontecer já a partir de julho de 2017, durante a alta temporada europeia.

Apesar disso, a entidade municipal de Turismo de Veneza ainda não confirmou em detalhes como e quando os ingressos serão disponibilizados. Mas a ideia é cobrar 5 euros por pessoa.

A boa notícia é que de acordo com o plano, o “número limite de turistas”, e consequentemente o ingresso, não seriam destinados aos moradores da cidade e das ilhas, que têm o direito de circular pela praça livremente, nem aos turistas que têm reservas de hotéis em Veneza, que, segundo ele, ajudam no comércio e no turismo local.

Resta aguardar para ver se isso se confirma!

O que você achou da notícia? Deixe sua opinião aí nos comentários.

Que tal também compartilhar esse post nas redes sociais para que mais pessoas fiquem sabendo. Os botões de compartilhamento estão no início e no fim do texto.

E para acompanhar tudo que acontece no Blog Andarilho siga a gente no Facebook, no Instagram e no Twitter e também não deixe de se cadastrar para receber a nossa Newsletter.

 

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *