Engenho Cachoeira: sabores e muita diversão em Pernambuco

por

Nossa primeira parada no roteiro para conhecer o turismo rural de Pernambuco foi o Engenho Cachoeira, que fica no município de Ribeirão, na Zona da Mata, a cerca de 90 quilômetros de Recife, com acesso, se você estiver de carro, pela BR-101 no sentido sul, entrando no Km 163. Há a opção também de chegar lá de ônibus. A companhia que faz o percurso é a empresa Borborema, por meio da linha Recife/Maceió. Uma vez no Km 163, pede-se para descer. A partir deste ponto, são mais dois quilômetros em estrada carroçável até a propriedade. Para não caminhar até lá, pode-se combinar com o dono do engenho para alguém lhe buscar ao descer na BR.

Logo na chegada, o visitante é recebido no restaurante ao lado do açude, cercado de um verde impressionante, onde são servidos um café colonial, acompanhado de frutas da estação e bolos tradicionais da cozinha pernambucana, como Souza Leão; e o almoço, com destaque para o filé de búfalo (a carne é bastante macia e magra), criado no próprio engenho, atividade que detalharei mais adiante. Experimenta-se ainda o leite e o queijo de búfala.

Restaurante do Engenho Cachoeira, em Pernambuco

Restaurante do Engenho Cachoeira Foto: Anchieta Dantas Jr.

Filé de búfalo servido no Engenho Cachoeira em Pernambuco

Filé de búfalo Foto: Anchieta Dantas Jr.

Bolo Souza Leão servido no Engenho Cachoeira em Pernambuco

Bolo Souza Leão Foto: Anchieta Dantas Jr.

Uma vez no engenho, são muitas as opções de diversão: passeios de caiaque (pelo Rio Sinharém, que corta o local) e de bicicleta, pesca, caminhada entre flores tropicais, banho de bica, cavalgada, passeio de charrete, caminhada ecológica, colheita de cana e a chance de conhecer a criação de búfalos, que eu nem sabia que existia no Nordeste.

Banho de bica no Engenho Cachoeira em Pernambuco

Banho de bica Foto: Anchieta Dantas Jr.

A propriedade ocupa 500 hectares. Seu proprietário, o Sr. Paulo Carneiro Leão e Dona Riselda, sua esposa, mantém viva a tradição da família há 250 anos, no cultivo de cana de açúcar, hoje em escala bem menor, diversificada com a plantação de flores tropicais e a criação de cavalos, carneiros e búfalos.

Criação de búfalos e cavalos

Uma das atividades que mais me interessou foi poder conhecer a criação desses animais, que, na minha imaginação, se restringiam, no Brasil, à Ilha de Marajó, no Estado do Pará, considerando que este é um bubalino, que precisa de muita água para sobreviver. Então, nada mais natural pensar que na nossa região não existissem criadouros da espécie. No entanto, segundo apurei, a região de Ribeirão, onde o Engenho Cachoeira se situa, é bastante chuvosa o ano todo e por isso propicia esse tipo de pecuária.

Criação de búfalos no Engenho Cachoeira em Pernambuco

Cerca de 60 cabeças de búfalo são criadas no Engenho Cachoeira Foto: Anchieta Dantas Jr.

Para chegar até eles, somos levados em um uma espécie de jardineira, puxada por um trator, até o alto de uma colina. A paisagem é deslumbrante e ficamos relativamente próximos dos animais (em torno de 60 cabeças), para muitas fotos. Não estranhe aquele bando de búfalos lhe encarando. Na verdade, parecem bem mansos. Pelo menos foi o que quem lida com os bichos nos disseram.

Além dos búfalos, podemos conhecer a criação de cavalos. O que mais me chamou a atenção foi um branco, lindíssimo, da raça bretão. Maior que outras raças, possui pelos ao redor das patas e uma farta crina, que cai sobre a cabeça, formando uma franja.

Cavalo da raça bretão no Engenho Cachoeira em Pernambuco

Cavalo da raça bretão Foto: Anchieta Dantas Jr.

Além do Sr. Paulo e da Dona Riselda, cinco funcionários que vivem no local, ajudam a manter o engenho, cuidando do serviço de jardinagem, cozinha, trato dos animais e guiando os visitantes.

Dada à beleza da propriedade, o Engenho Cachoeira é muito procurado também para eventos, especialmente casamentos. Eles possuem, inclusive, uma bela carruagem, conduzida por um funcionário uniformizado e usando luvas brancas, para transportar a noiva. Muito legal!

Carruagem utilizada nos casamentos realizados no Engenho Cachoeira em Pernambuco

Carruagem utilizada nos casamentos realizados no Engenho Cachoeira Foto: Anchieta Dantas Jr.

Infelizmente, não é possível se hospedar por lá. Mas uma vez hospedado em Recife, dá para passar o dia, configurando-se um excelente programa para quem quer fazer algo diferente, dando um tempo ao sol e ao mar. Porém, é preciso agendar antes.

Funcionamento

Para isso, eles operam em regime de day-use. Por um valor de R$ 90 por pessoa (R$ 45 para crianças), incluindo lanche, almoço e todas as atividades. Este valor pode ser pago com um depósito de 50% antecipado e o restante no local. Ou, se preferir, utilizar o sistema Pague Seguro no site da propriedade, pagando em 12 parcelas sem juros. Para mais informações e reservas, acesse o site do Engenho Cachoeira.

Serviço

Onde: 90 km de Recife, BR 101 sentido sul, Km 163, Ribeirão, Pernambuco.
Horário: de quinta a domingo das 9h às 17h
Valor: R$ 90 por pessoa/R$ 45 para crianças. Não aceita cartões.
Site: www.engenhocachoeira.com.br
Telefones: (81) 9962.5865 e (81) 9664.8383

Leia mais sobre o turismo rural em Pernambuco

Descubra o turismo rural de Pernambuco

Fazenda Brejo: a experiência da vida no campo no agreste pernambucano

Serra Negra, em Pernambuco, tem pôr do sol com muito forró

Pousada Fazenda Santa Fé: puro charme no agreste de Pernambuco

Refúgio do Rio Bonito: descanso e aventura em Pernambuco

Cachaçaria Sanhaçu: tour mostra como é feita a cachaça

Portal de Gravatá: pioneiro no turismo rural de Pernambuco

 

O Blog Andarilho viajou a convite da Secretaria de Turismo, Esportes e Laser de Pernambuco

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *