Fazenda Brejo: a experiência da vida no campo no agreste pernambucano

por

Nosso roteiro para conhecer o turismo rural de Pernambuco teve como segunda parada a Fazenda Brejo, localizada no município de Saloá, a cerca de 42 quilômetros da cidade de Garanhuns, no agreste do estado, e a pouco mais de 260 quilômetros de Recife. O acesso se dá pela BR-232, tomando em seguida a BR-423. Uma vez em Saloá, são mais dez quilômetros em uma estrada carroçável até a comunidade de Iatecá e de lá outros dois quilômetros até chegar à propriedade.

Se você não estiver de carro, pode pegar um ônibus desde a Rodoviária de Recife, conhecida como TIP (de Terminal Integrado de Passageiros) até Garanhuns. O trajeto é feito pelas Viação Progresso ou Cruzeiro e custa desde R$ 51. Da rodoviária de Garanhuns até saloá, a empresa que opera é a Jotude. Infelizmente não consegui obter o valor da passagem, mas quem quiser conferir, basta telefonar para (87) 3761.0237. Uma vez em Saloá, toma-se um transporte público até a comunidade de Iatecá. Combine com o pessoal da fazenda e eles irão lhe apanhar.

Mas não se deixe intimidar pela distância e dificuldade de acesso. A região é privilegiada por belezas naturais, com clima de serra, a 960 metros de altitude, em uma área classificada como brejo de altitude. Para se ter uma ideia, nos meses de julho e agosto, a temperatura,

Como as acomodações ficam na parte mais alta da fazenda, o visual é deslumbrante e acordar cercado de verde e pelo colorido das flores, escutando apenas o barulho da natureza é realmente um privilégio. E por ali o dia começa cedo. Às 6h30 da manhã já tem atividade para o hóspede fazer.

O que deu para perceber é que não estávamos em um hotel fazenda, mas em uma fazenda hotel, pois nada era encenado ou criado para fazer o visitante sentir-se em uma propriedade rural. Estávamos, de fato, experimentando o dia a dia de uma fazenda.

Depois da primeira refeição do dia, farta e repleta de delícias regionais, como cuscuz, tapioca e bolos, não pense que vai ficar de papo para o ar. Claro, que você pode fazer isso, mas apesar de estarmos no meio do mato, a vida ali não é só tranquilidade e monotonia. Há muitas opções de lazer.

Café da manhã na Fazenda Brejo em Pernambuco

Café da manhã na Fazenda Brejo Foto: Anchieta Dantas Jr.

O que tem para fazer na Fazenda Brejo

Um dia típico na Fazenda Brejo começa, às 6h30, com a tirada de leite no curral e, em seguida, uma visita à horta e à casa de queijo. Só então toma-se o café da manhã. A partir daí parte-se para uma trilha, passando pela floricultura, terminando em um banho de cachoeira e de piscina de água mineral. Depois do almoço, há um horário para descanso e para relaxar em um SPA, mantido no local (o espaço é lindo e cercado da paisagem da serra), mediante agendamento. As massagens custam em média R$ 30.

Piscina da Fazenda Brejo em Pernambuco

Piscina de água mineral Foto: Anchieta Dantas Jr.

Floricultura da Fazenda Brejo em Pernambuco

Cultivo de flores Foto: Anchieta Dantas Jr.

SPA na Fazenda Brejo em Pernambuco

O SPA oferece momentos de relaxamento com diversos tipos de massagem Foto: Anchieta Dantas Jr.

Ainda no período da tarde, você está convidado para passear de cavalo ou de carro de boi. Há outra parada para o lanche e logo após pode-se optar por pescar ou subir uma colina até o Cruzeiro de onde se contempla toda a propriedade. O visual é realmente incrível. Depois é hora do jantar e descanso. No entanto, nas noites de sábado tem forró para as adultos e recreação para as crianças.

Vista da Fazenda Brejo desde o Cruzeiro em Pernambuco

Vista da fazenda desde o Cruzeiro Foto: Anchieta Dantas Jr.

Muito interessante ainda é conhecer o haras mantido no local, onde Steve Bezerra, filho da dona da Fazenda Brejo, treina seus cavalos. Vale conversar com ele sobre a atividade, ainda mais sabendo que ele morou por cerca de três anos nos Estados Unidos, em estados como o Texas, famoso por suas fazendas e rodeios. Divertido também é ver um de seus cachorros conduzindo o gado. Nesse dia, era o Pepe. Dócil conosco, mas que não dava mole para o gado. Uma graça!

Treinamento de cavalos na Fazenda Brejo em Pernambuco

Treinamento de cavalos Foto: Anchieta Dantas Jr.

Há também a opção de fazer uma trilha até uma serra repleta de cristais de quartzo. Outra atividade bem legal é a observação de pássaros. O mais curioso deles é o pássaro pintor (a cor das penas impressiona). Completa a estrutura de recreação da fazenda um salão de jogos.

Vale ressaltar que dos 350 hectares da propriedade, 52 hectares foram transformados em Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), reconhecida por órgãos federais e estaduais. Além disso, todas as atividades ali realizadas com os hóspedes têm caráter didático-pedagógico, com foco na educação ambiental, e quase a totalidade dos alimentos consumidos são produzidos na fazenda. E você que não quer ficar desconectado enquanto descansa, há wi-fi gratuito na área do restaurante.

Acomodações

Ao todo são oferecidos 20 apartamentos (podendo acomodar até seis pessoas), simples, mas com o conforto necessário para uma boa estada, e dois alojamentos com capacidade para 64 hóspedes. A diária custa R$ 209 para adultos e R$ 130 para crianças, incluindo as três refeições, acompanhadas de bebidas não alcoólicas, contemplando ainda todas as atividades de recreação disponíveis na fazenda.

Quartos na Fazenda Brejo em Pernambuco

Área dos quartos Foto: Anchieta Dantas Jr.

Há também a opção de apenas passar o dia, conhecido como day-use, que custa R$ 70 para adultos e R$ 60 para os pequenos, com almoço incluso e todas as atividades de lazer.

Serviço

Onde: 260 km de Recife, BR 232 e 423
Horário: day-use: das 8h às 16h
Valores: Diária adulto/infantil = R$ 209/R$ 130, day-use adulto/infantil = R$ 90/R$ 45 Aceita cartões Master e Visa.
Site: www.fazendabrejo.com.br
Telefones: (81) 3251.0756 e (87) 3926.2047

Leia mais sobre o turismo rural em Pernambuco

Descubra o turismo rural de Pernambuco

Engenho Cachoeira: sabores e muita diversão em Pernambuco

Serra Negra, em Pernambuco, tem pôr do sol com muito forró

Pousada Fazenda Santa Fé: puro charme no agreste de Pernambuco

Refúgio do Rio Bonito: descanso e aventura em Pernambuco

Cachaçaria Sanhaçu: tour mostra como é feita a cachaça

Portal de Gravatá: pioneiro no turismo rural de Pernambuco

 

O Blog Andarilho viajou a convite da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *