Turista terá de pagar taxa para visitar Jericoacoara

por

Quem deseja visitar Jericoacoara, um dos maiores expoentes do turismo no Ceará, deverá considerar no orçamento da viagem um item a mais. A partir de 21 de setembro próximo, passará a ser cobrada uma taxa de de R$ 5 por dia e por visitante para poder permanecer no lugar.

Chamada de Taxa de Turismo Sustentável, o tributo foi instituído por meio de uma lei municipal, alegando que o turista utiliza a infraestrutura física implantada na praia, além de usufruir do patrimônio natural da Vila de Jericoacoara, uma área de preservação ambiental.

Taxa similar é cobrada dos visitantes que desembarcam na ilha de Fernando de Noronha, em Pernambuco – onde o valor cobrado, vale destacar, é bem superior: de R$ 68,74 por dia de permanência.

Para você ter uma ideia, para ficar três dias em Noronha, eu desembolsei R$ 206,22 pelo período, valor ao qual eu ainda tive que adicionar mais R$ 99 para poder visitar o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.

É neste parque aonde estão as praias mais bonitas do arquipélago, como as praias do Sancho, do Atalaia e do Leão e ainda as baías dos Porcos e do Sueste.

No caso de Jeri, para ficar igual intervalo de tempo eu terei que desembolsar R$ 15, bem menos dispendioso, né?

Como será a cobrança

A cobrança da Taxa de Turismo Sustentável será realizada na entrada da Vila de Jericoacoara e o valor pago será referente aos dias de permanência.

Outra opção, aliás o que agiliza a entrada no local, é gerar o boleto de pagamento na página da Secretaria de Turismo de Jijoca de Jericoacoara.

Para isso, basta informar os dados da estada, conforme a figura abaixo:

Turista terá de pagar taxa de permanência em Jericoacoara

Imagem: reprodução da internet

Se você optar pelo pagamento online, o comprovante do pagamento da taxa deverá ser impresso e apresentado no estabelecimento hoteleiro no momento do check-in.

Caso o visitante fique além do período informado, um novo boleto será gerado e deverá ser pago na saída da vila.

Vale ressaltar que os moradores de Jericoacoara estão isentos da taxa, assim como deficientes físicos, crianças de até 12 anos e idosos acima de 60 anos.

Confira aqui a íntegra do Decreto que fala em assegurar a manutenção do ambiente e ecologia de Jeri.

Onde o valor arrecadado será aplicado

Do total arrecadado com a cobrança da Taxa de Turismo Sustentável, 40% será, obrigatoriamente, aplicado na Vila de Jericoacoara em ações de preservação ambiental.

Os 60% restantes serão divididos entre a União, o Governo do Estado e o município de Camocim, distante 53 quilômetros de Jijoca de Jericoacoara.

Segundo as autoridades, esses recursos serão aplicados em serviços de limpeza pública, saúde e segurança.

Planeje sua viagem com a gente

Fazendo suas reservas aqui pelos banners e links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda a manter a nossa página.

Nossos parceiros foram escolhidos a dedo para lhe oferecer o melhor custo/benefício em suas viagens.

Não mora no Ceará e deseja achar voos em conta para Fortaleza ou direto para Jeri? Utilize o comparador de preços Voopter acessando aqui e encontre uma tarifa que se encaixe no seu bolso.

Reserve seu hotel ou hostel pelo Booking clicando aqui ou ainda hostels baratos via o Hostel Club acessando aqui e tenha uma estada com o melhor preço. Há várias opções com cancelamento grátis!

Achou útil esta informação? Então compartilhe este post por meio das redes sociais para que seus amigos e mais pessoas fiquem sabendo da novidade em relação a Jericoacoara. os botões de compartilhamento estão no início e no fim do texto.

E para acompanhar tudo que acontece no Blog Andarilho siga a gente no Facebook, no Instagram e no Twitter e também não deixe de se cadastrar para receber a nossa Newsletter.

2 respostas
  • Ana
    setembro 4, 2017

    Acho legal cobrarem sim, desde que o dinheiro arrecadado seja realmente para ajudar na conservação do Parque. Em março deste ano estive em Jeri e achei a Praia principal bem mau conservada, comparada a primeira vez que fui. Uma pena

  • Ricardo Gusso
    setembro 6, 2017

    Oi Anchieta.
    Obrigatoriamente a taxa deve ser investida 40% na Vila, porem a prefeitura ja informou que 70% do valor sera na Vila e 30% na sede, em Jijoca.
    Todo valor é municipal, nada dividido com governo, uniao e demais municipios.

    Abraco

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *