Capitais de países que todo mundo erra

por

Você é daqueles que sempre acha que a maior cidade de um país é necessariamente a sua capital? Nem sempre, viu? De vez em quando, eu me deparo com algumas pessoas que partem em uma viagem internacional sem a menor noção do status que determinada cidade ocupa no contexto político, econômico, social e cultural do lugar onde vai visitar. E isso não é nada legal!

Primeiro, porque ao aprender mais sobre o destino escolhido fará com que você o aproveite muito melhor. Segundo, porque isto lhe ajudará também a fazer bonito em suas andanças mundo afora, deixando-o bem visto pelos habitantes do local. Demonstrará que você leu, se informou antes de chegar lá e que se importa com eles. Resultado? Tende a ser muito mais bem tratado.

E como o meu propósito aqui é facilitar a sua viagem, compartilhar esse tipo de conhecimento também faz parte do meu compromisso com você. Dessa forma, separei os exemplos mais comuns das confusões que os turistas costumam fazem com as metrópoles que visitam. Vamos conferir?

Um dos mais clássicos é achar que Sidney, importante metrópole da Austrália, é a sua capital. Esta é, na verdade, Camberra, que fica a sudoeste do país. Junto com Melbourne, Sidney acabou mais conhecida por, entre outros motivos, receber eventos esportivos internacionais.

Já se você pretende visitar a África do Sul, a confusão é ainda maior: vá logo aprendendo que Joanesburgo apenas centraliza o poder econômico por lá. Ao contrário, o centro administrativo é Pretória, com a Cidade do Cabo ocupando a posição de capital legislativa e Bloemfontein a de judicial.

Uma vez na Suíça, reconhecida por suas magníficas paisagens e lagos, não ponha os pés em Zurique ou Genebra achando que uma das duas pode ser a capital. Estas são epicentros econômicos e culturais locais. A segunda recebe, inclusive, eventos das Nações Unidas, mas é Berna oficialmente a capital.

A graciosa Berna, capital da Suíça

E para quem se encanta com a beleza de Istambul (infelizmente o momento não é o ideal para visitá-la), saiba que apesar de ser a maior cidade da Turquia, com aproximadamente 16 milhões de habitantes, e ainda porta de entrada dos turistas que visitam o País, Ancara é que detém o posto.

Reconhecido pela arrojada arquitetura, Dubai é outro lugar que no imaginário de alguns turistas faz às vezes de capital dos Emirados Árabes Unidos, mas a verdade é que Abu Dhabi é que o é. Igual situação apresenta o Marrocos, onde nem Marrakesh e muito menos Casablanca, seus grandes destaques turísticos, ocupam esse status e sim Rabat.

Abu Dhabi, e não Dubai, é a capital dos Emirados Árabes

E a capital do Canadá, você sabe qual é? Contrariando o que maioria pensa, Ottawa e não Ontário, tem esse papel.

Outra surpresa diz respeito à Bolívia. Sinto em informar, mas não é La Paz a sua capital constitucional. Esta é a sede do governo boliviano, mas a capital de direito é Sucre, bem menor e com apenas 230 mil habitantes.

Isto acontece ainda na Holanda, onde Amsterdã é oficialmente a capital, mas é em Haia onde está a sede do governo, gerando assim a dúvida.

O mesmo ocorre também em Israel. Ao contrário do que se pensa, não é Tel Aviv que detém a posição. Por esta cidade abrigar as embaixadas de muitos países, há essa confusão, porém Jerusalém é que é a capital.

Vista de Jerusalém, verdadeiro centro administrativo e capital de Israel

Enfim, o mundo está cheio de curiosidades nesse sentido e sempre é tempo de a gente aprender. Não acha?

É claro que os exemplos não se encerram por aqui. Portanto, se você lembra de mais algum, deixa aí nos comentários. Se puder, compartilhe também esse post com seus amigos. Compartilhar conhecimento é um ato de ajuda e de consideração com quem amamos!

Outra coisa, se quiser estar sempre por dentro do que acontece pelo Blog Andarilho, cadastre-se para receber a nossa Newsletter.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *