Como é a experiência de voar de Copa Airlines, vale a pena?

por

Para quem viaja com frequência, os fatores preço e facilidade de pagamento pesam bastante na escolha da companhia aérea. Ultimamente, venho dizendo que viajo para onde as promoções me levam. E assim foi que, em setembro/outubro de 2018, eu fui parar no Equador. Claro que esse país já estava no meu radar de viajante há algum tempo. Mas sabe quando o desejo de conhecer um lugar casa com a oportunidade de pagar uma boa tarifa? Foi o que aconteceu, quando me deparei com uma promoção da companhia aérea panamenha Copa Airlines para esse destino sul-americano.

Por inacreditáveis seis parcelas de R$ 243, com direito a despacho de bagagem, eu voei na classe econômica de Fortaleza a Quito, ida e volta, com conexão na Cidade do Panamá.

Eu já havia voado três anos antes com essa mesma empresa para Punta Cana, na República Dominicana. À época, no Nordeste, ela não operava em Fortaleza, apenas em Recife. Só que em julho de 2018, ela também passou a voar, duas vezes por semana, desde a capital do Ceará para a Cidade do Panamá, de onde se conecta com todas as Américas.

Aliás, a Copa é uma das principais empresas aéreas de aviação comercial na América Latina. Atualmente, mantém voos para 80 destinos em 32 países nas Américas do Norte, Central, do Sul e Caribe

Seu lar é o Aeroporto Internacional de Tocumen, na capital panamenha, conhecido como o Hub das Américas. Diariamente, milhares de passageiros chegam nele, principalmente para realizar conexões para os diversos destinos operados pela Copa.

Então, como eu já conhecia a empresa (embora, eu tivesse aproveitado a oferta mesmo sem nunca ter voado com ela), eu não pensei duas vezes e comprei a passagem.

E é sobre a experiência de voar de Copa Airlines que trata esse post. Até porque, ela ainda é uma empresa desconhecida para muita gente, e sempre tem quem me pergunte como são as aeronaves, o serviço de bordo e o atendimento, assim como a conexão no Panamá. Vale a pena? Então, acompanhe a minha avaliação.

Onde a Copa opera no Brasil

Além de Fortaleza, a Copa opera nas seguintes cidades brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Recife, Salvador e Manaus.

Saindo da capital do Ceará, são duas duas frequências semanais, às segundas e quintas-feiras, à 1h25 da manhã, chegando ao Panamá às 6h45. Já os voos de volta acontecem às quartas-feiras e domingos, partindo às 15h30 do Panamá e chegando às 00h20 em Fortaleza. Todos os horários são locais.

Aviões utilizados entre o Brasil e o Panamá

Os voos são operados em Boeings 737-700, não tão novos, mas em bom estado de conservação, e também em Boeings 737-800 (com a iluminação Sky interior e um pouco mais espaçoso), com capacidade para transportar 160 passageiros, sendo 16 na Classe Executiva e 144 na econômica. Não há primeira classe em seus voos.

Mais recentemente, há notícias da aquisição, por parte da companhia, de aeronaves Boeings 737-800 da linha MAX, mas acredito que ainda não façam a rota Panamá-Brasil-Panamá.

Compra da passagem aérea

Antes mesmo de inaugurar a rota Fortaleza-Cidade do Panamá, a Copa já estava disponibilizando a venda dos voos em seu site. Eu comprei a passagem com muita antecedência (em abril) para viajar no dia 27 de setembro e voltar no dia 7 de outubro. Além de pagar um bom preço, ainda pude escolher meus assentos, sem custo adicional.

Quem viaja na classe econômica da Copa, pode despachar um volume de até 23kg e embarcar com uma bagagem de mão de até 10Kg.

Eu adquiri a passagem pelo site da Copa mesmo, que costuma parcelar o valor no cartão de crédito em até seis vezes sem juros.

Outra opção para comprar o bilhete é por meio do site da Viajanet, nosso parceiro aqui no blog, que parcela em até 12X iguais, em alguns casos sem juros. Para quem quer pagar a viagem suavemente é uma excelente opção.

Como é voar na Classe Econômica da Copa Airlines

Ao escolher a classe econômica, você terá um voo parecido com o das companhias aéreas brasileiras, com a configuração de três assentos de um lado do avião três do outro.

O conforto dependerá principalmente da aeronave utilizada na rota (os novos 737-800 são melhores), pois o espaço entre os assentos pode variar.

Check-in e embarque em Fortaleza

O check-in pode ser feito online a partir de 24 horas do horário do voo, o que recomendo fortemente, pois você já garante os lugares previamente reservados e chega ao aeroporto apenas para despachar a bagagem, a qual segue até o seu destino final.

Se você for cliente Smiles, poderá creditar as milhas voadas nesse programa de fidelidade e render pontos extras para futuras viagens com a GOL e demais companhias parceiras. Portanto, não esqueça de informar seu número no momento do check-in.

Vale lembrar que brasileiros não precisam de visto para o Panamá, apenas um passaporte válido, com no mínimo seis meses de validade da data de saída do país. Então não se preocupe com visto por conta da  conexão. Aliás, não passamos pela imigração se o destino final não for o Panamá. No entanto, mesmo que de passagem, é preciso ter o Certificado de Internacional de Vacinação e Profilaxia, comprovando que você é vacinado contra a febre amarela.

Outra coisa: evite perrengues, jamais viaje sem seguro! Cote a contrate aqui um seguro viagem. Digite BLOGANDARILHO5 no campo Cupom antes de finalizar a compra e ganhe 5% de desconto.

Uma vez no aeroporto, a fila para despacho da mala não estava grande, assim como para quem deixou para fazer o check-in na hora. Como eu cheguei cedo, não peguei fila. Porém, pelo o que eu puder ver, mesmo que exista uma quantidade razoável de passageiros, a fila costuma andar rápida.

Outros pontos que me chamaram a atenção é que encontrei funcionários simpáticos e prestativos (tanto no Brasil, como no Panamá e Equador), assim como a pontualidade da companhia, pois o avião decolou no horário previsto.

Como é voar de Copa Airlines
Check-in da Copa no Aeroporto Internacional de Fortaleza Fotos: Anchieta Dantas jr./Blog Andarilho

Voo Fortaleza-Cidade do Panamá

Nos voos da Copa, o espaço é praticamente o mesmo de um voo doméstico em uma companhia brasileira. Mas no avião que eu peguei na ida, Boeing 737-800, eu não achei o espaço para as pernas apertado. Era até razoável, sobrando um pouco entre os meus joelhos e a poltrona da frente.

Nos assentos você encontra revista de bordo, entretenimento individual (tela com direito uma certa variedade de filmes, músicas e informações em tempo real sobre o voo, altitude, mapas, temperatura e hora local no destino), fone de ouvido, cobertor e travesseiro. Encontrei ainda entrada USB para carregar o celular.

Conheça melhor a aeronave por meio da galeria de imagens a seguir.

O serviço de bordo é simples, mas satisfatório. Na ida, como saímos de madrugada, serviram um lanche acompanhado de bebidas alcoólicas (cerveja, vinho branco e tinto e uísque) e não alcoólicas (água, sucos e refrigerantes). Quando faltava 1h30 para chegarmos ao Panamá, foi servido um café da manhã com frutas, barra de cereais, pão, queijo processado e omelete com batatas. Para beber, café, chá, leite, água e suco.

Caso você tenha solicitado previamente, eles ainda têm opção de refeição respeitando a dieta de cada um no que diz respeito à saúde, cultura e religião.

O atendimento foi ótimo durante toda a viagem. O idioma oficial é o espanhol, mas todos falam inglês sem problemas, e até um pouco de português. Aterrissamos no horário e o voo foi ótimo.

Voo Cidade do Panamá-Quito

O tempo de conexão para embarcar nesse voo foi de cerca de 2h50. Voamos em Boeing 737-700, menos confortável que o 737-800 e sem telas de entretenimento individual, apenas com seleções de áudio disponíveis em todos os assentos da aeronave.

O espaço para as pernas era mais apertado. Contudo, como foram apenas 1h35 de voo até Quito, isso não me incomodou. Veja, abaixo, imagens da aeronave.

O padrão do serviço de bordo e do atendimento foi o mesmo do voo Fortaleza-Cidade do Panamá. Mas como decolamos às 9h36 da manhã, serviram apenas um lanche, conforme a foto que segue.

Como é voar de Copa Airlines

Voo Quito-Cidade do Panamá

Assim como na ida, na volta, o check-in no Aeroporto Internacional Mariscal-Sucre, em Quito, foi bem rápido e tranquilo. Já recebi os cartões de embarque para todos os trechos, com a bagagem tendo sido despachada até Fortaleza.

o voo de retorno do Equador para o Panamá se deu em um Boeing 737-800, ou seja, mais confortável. Como de praxe, serviço de bordo e atendimento satisfatórios. Como o avião saiu de Quito às 6h06 da manhã (no horário previsto), foi servido um café da manhã. Veja na imagem a seguir.

Como é voar de Copa Airlines

Voo Cidade do Panamá-Fortaleza

O tempo de conexão na Cidade do Panamá foi de sete horas. Mais adiante eu conto como é o Aeroporto Internacional de Tucumen.

Infelizmente, a viagem de retorno ao Brasil foi em um Boeing 737-700, o que foi um incomodo para as 6h30 de voo até a capital do Ceará. Por outro lado, o atendimento dos comissários e o serviço de bordo manteve o padrão e agradou. Aterrissamos em Fortaleza no horário marcado e o pouso foi bem tranquilo.

Durante o voo foi servido um lanche e um jantar, acompanhados de bebidas alcoólicas (cerveja, vinho branco e tinto e uísque) e não alcoólicas (água, sucos e refrigerantes), conforme as fotos abaixo.

Como é a conexão na Cidade do Panamá

Localizado a 28 km do centro da Cidade do Panamá, o Aeroporto Internacional de Tocumen é relativamente grande. Pelo menos, bem maior e mais moderno do que aquele que eu encontrei da primeira vez, em 2015, quando viajei a Punta Cana.

Se você observar, verá que a Copa é praticamente a dona do pedaço, pois deve operar tranquilamente uns 95% dos voos no local. Dessa forma, eles costumam organizar as conexões em portões próximos e fáceis de achar. Já que empresa costuma ser pontual, tudo funciona muito bem.

No mais, é um aeroporto muito organizado, bonito e acima de tudo, extremamente funcional. Tem lojas, livrarias, restaurantes, cafés, lanchonetes, salas vip e Wi-Fi gratuito por até 30 minutos, mediante cadastro, com velocidade de até 2MB.

Como eu sempre viajo com o chip da EasySim4U com internet ilimitada em 210 países, eu não precisei urtilizar o WiFi do Aeroporto. Consegui até rotear o acesso da internet do celular para o meu notebook e alimentar o blog e usar redes sociais enquanto esperava os voos. 

Adquira aqui seu chip da EasySim4U. Digite ANDARILHO10 no campo cupom e clique em Apply Cupom na página de finalização de compra e ganhe 10% de desconto.

Se a sua conexão for superior a dez horas, sugiro dar uma voltinha na cidade, lembrando, que para entrar no Panamá, é preciso de um passaporte válido, com no mínimo seis meses de validade a contar da data de saída do país e do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia, comprovando que você é vacinado contra a febre amarela.

Mas antes de deixar o aeroporto, calcule bem se dará tempo de passar pela imigração, assim como no controle de raio-x estime umas duas horas) tanto na ida como na volta,  a fim de não perder seu voo.

Eu digo isso porque, como já mencionei, o Aeroporto Internacional Tocumen é conhecido como o Hub das Américas, assim, diariamente, milhares de passageiros chegam nele, principalmente para realizar conexões para os diversos destinos operados pela Copa. Dessa forma, as filas na imigração podem ser extensas.

Tem também, a questão trânsito. Segundo eu soube, o tráfego de veículos é bem complicado na cidade do Panamá.

No mais, caso você decida conhecer a capital panamenha, saiba que brasileiros são isentos de visto, mas precisam ter o Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela.

Como é voar de Copa Airlines

Vista aérea do Aeroporto de Tocumen

Como é voar de Copa Airlines

Terminal de passageiros do Aeroporto de Tocumen

Conclusão: vale a pena voar de Copa Airlines?

O grande atrativo da Copa Airlines é mesmo o preço. De qualquer forma, antes de comprar a passagem, vale comparar com outras companhias aéreas que operam o destino escolhido, a fim de se certificar se voar pela a Copa vale mesmo a pena.

As aeronaves, em nível de conforto, não diferem dos voos domésticos das companhias aéreas brasileiras. No entanto, gostei muito da pontualidade, do atendimento e do serviço de bordo. Embora simples, satisfaz.

Além disso, eu considero a Copa uma excelente opção para quem mora em cidades onde a empresa opera, fora do eixo Rio-São Paulo, e deseja viajar para os Estados Unidos, com apenas uma conexão, ou então para o Caribe, mas não tem o visto americano.

Se você me perguntar se eu voltaria a voar com a Copa Airlines, certamente eu afirmo que sim, sempre que o preço for convidativo.

E você, já voou na Copa Airlines? Para qual destino? Gostou da Classe Econômica? Recomenda? Conta pra gente aí no espaço reservado aos comentários como foi a sua experiência!

Monte a sua viagem com a gente

Como eu sempre gosto de lembrar, aqui no Blog Andarilho você encontra tudo o que necessita para organizar a sua viagem em um só lugar e não vai precisar ficar buscando de site em site.

Você não vai pagar nada a mais por isso,  poderá ganhar descontos exclusivos e ainda vai nos ajudar a manter o nosso trabalho e o blog sempre atualizado.

Basta clicar nos links a seguir ou utilizar os banners na lateral direita do blog e boa viagem!

Pesquise e compre aqui o seu voo, pagando a sua passagem em até 12 vezes iguais.

Reserve agora sua hospedagem pelo Booking.com ou pelo Hotel Urbano. Há opções de parcelamento e cancelamento grátis, caso você venha a mudar de ideia depois.

Cote a contrate aqui um seguro viagem para viajar protegido. Digite BLOGANDARILHO5 no campo Cupom antes de finalizar a compra e ganhe 5% de desconto.

Compre um chip internacional com internet ilimitada nos EUA e em mais 210 países. Digite ANDARILHO10 no campo Cupom e clique em Apply Cupom antes de finalizar a compra e ganhe 10% de desconto.

Alugue aqui um carro em seu destino

Adquira antecipadamente ingressos para passeios e atrações turísticas no mundo todo

Garanta entradas para shows, teatros e esportes nos Estados Unidos

Viaje de trem pela Europa e deslumbre-se com as mais belas paisagens. Reserve agora seus trens com a RailEurope e garanta já a sua viagem!

Está sem tempo, não se sente seguro, precisa de ajuda para organizar a sua viagem? Confira nosso serviço de consultoria para o viajante. Entre em contato e vamos conversar!

E se durante a sua viagem você tiver problemas como atrasos e cancelamentos de voos, extravio de bagagem, overbooking, entre outros, a gente também tem a solução: acesse o Resolvvi  e reclame seus direitos na justiça de forma prática, segura e online e receba sua indenização Veja como funciona.

E o melhor: você só paga se ganhar a causa. Quer reclamar os seus direitos? Acesse aqui e receba!

Quer sempre ficar por dentro de todas as dicas do blog? Pois então assine a nossa Newsletter semanal aqui. Receba gratuitamente e diretamente no seu e-mail o nosso conteúdo e promoções.

E para acompanhar nossas viagens e atividades siga a gente no Facebook, no Instagram, no  Twitter , Pinterest e no TripAdvisor.

2 respostas
  • Fernanda cabral alves
    março 8, 2019

    Oi, vc deixou bem claro q o brasileiro é isento de visto no Panamá e q só precisa do certificado internacional da vacina de febre amarela, mas se quiser sair do aeroporto ele precisa do passaporte e vc nem menciona isso. Sei q no Ecuador se entra só com o RG, mas como é feito no Panamá? Também aceita RG? Eu já fui aos 2 países, já fiz conexão, já saí para dar uma volta na conexão, mas sempre com meu passaporte. É possível fazer uma conexão no Panamá sem passaporte? Passar na imigração eu sei que não é possível.

    • Anchieta Dantas Jr.
      março 11, 2019

      Fernanda, obrigado por sua visita ao blog e pela observação. Já fiz a menção do passaporte no texto, para que não haja mais dúvida. Eu havia deixado a questão subentendida, porque sem o passaporte, que é o documento internacional de viagem, ninguém consegue nem sair do Brasil para países onde o RG não é aceito. Aliás, eu sempre viajo com o meu passaporte, jamais com o RG, pois diante um passaporte válido e faltando mais de seis meses para vencer não há contestação por meio das autoridades migratórias para entrar ou sair de qualquer território.

      Dessa forma, não tem como passar pela imigração de nenhum país, seja em trânsito ou visitando-o, sem portar um passaporte válido e, em alguns casos (ex: EUA, Canadá, Japão etc) sem um visto adquirido previamente no Brasil. No caso do Panamá, além do Certificado Internacional de Vacinação, precisa do passaporte sim, mas não de um visto prévio, o qual é obtido na chegada, gratuitamente, mediante um simples carimbo, determinando o tempo que você pode ficar.

      Atenciosamente,

      Anchieta.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *