Refúgio do Rio Bonito: descanso e aventura em Pernambuco

por

Bonito de ver e mais ainda de se viver. Não tenha dúvida de que é a sensação que você terá ao Refúgio do Rio Bonito. Uma propriedade aconchegante, a 850 metros de altitude, cercada por uma paisagem natural exuberante e, para a surpresa do visitante, fincada em meio a uma comunidade japonesa, em pleno agreste de Pernambuco. Se não bastasse, Bonito, a 136 quilômetros de Recife, município onde a pousada está localizada, oferece muitas atividades para os amantes de aventura. Trilhas, cachoeiras, rapel e tirolesa e até passeio de balão (se as condições climáticas permitirem) são algumas delas. Este foi mais um destino do nosso roteiro para conhecer o turismo rural de Pernambuco.

Quem ali chega, e não foi diferente conosco, é recebido pessoalmente pela proprietária, Fátima Magalhães, que, com sua simpatia, fala com orgulho do seu espaço, criado em 2009, e sobre o que ele tem a nos proporcionar.

Estrutura da pousada

De cara, nos deparamos com o restaurante e a área da piscina, cercada de hortênsias, com uma vista deslumbrante da cidade e do Rio Bonito lá embaixo. O local é perfeito para relaxar e assistir, no fim da tarde, o sol se pôr, saboreando um drinque. E se o termômetro estiver marcando uma temperatura mais baixa (comum, principalmente nos meses de junho a agosto), não é por isso que você deve deixar de curtir a piscina. Não é que ela é aquecida!

Para o sossego dos hóspedes, as 25 suítes – amplas, perfumadas, camas confortáveis e com decoração que recriam uma casa de campo, ficam afastadas da área de lazer. Com todo o conforto da vida moderna, os quartos dispõem ainda de uma varanda com vista para o vale.

Pousada Refúgio do Rio Bonito em Pernambuco

As suítes ficam afastadas das áreas sociais para garantir privacidade aos hóspedes Foto: Anchieta Dantas Jr.

Suítes da Pousada Refúgio do Rio Bonito em Pernambuco

Suíte bambu Foto: Anchieta Dantas Jr.

Pousada Refúgio do Rio Bonito em Pernambuco

Vista desde a suíte Foto: Anchieta Dantas Jr.

Pousada Refúgio do Rio Bonito em Pernambuco

Sacada da suíte Foto: Anchieta Dantas Jr.

Além de bastante espaço para descansar, escutando apenas o barulho da natureza, o Refúgio do Rio Bonito oferece bicicletas gratuitamente para pedalar, trilhas para caminhar, banho de bica, salão de jogos, redário e ainda um bambuzal muito bonito que dá acesso às duas nascentes que brotam da propriedade e trilhas.

Pousada Refúgio do Rio Bonito em Pernambuco

O bambual que dá acesso a trilhas e às bicas Foto: Anchieta Dantas Jr.

Pôr do sol desde a piscina da Pousada Refúgio do Rio Bonito, em Pernambuco

Pôr do sol desde a piscina da pousada Foto: Anchieta Dantas Jr.

Se bater a fome, o restaurante da pousada é um capítulo à parte. Possui vista panorâmica e cardápio com o melhor da cozinha regional e contemporânea. Não deixe de experimentar os pães feitos no local. Simplesmente deliciosos!

A hospedagem no Refúgio do Rio Bonito sai desde R$ 400 o casal com direito às três refeições acompanhadas de bebidas não alcoólicas. Mas dependendo da época do ano pode haver desconto. A propriedade também opera em regime de day-use. Para passar o dia por lá (das 9h às 17h) custa R$ 85 por pessoa, incluindo o almoço e as atividades ofertadas pela pousada.

Atrativos de Bonito

Mas se o seu desejo for explorar mais a região (o que recomendo), há vários roteiros turísticos. Dá para percorrer as nove cachoeiras ali existentes – Véu da Noiva, Pedra Redonda, da Gruta, Barra Azul, Paraíso, Eco Park, Corrente, Campo do Mágico e do Encanto. A prefeitura mantém guias credenciados que podem lhe levar para um tour por todas elas por cerca de R$ 100 para um grupo de até seis pessoas. A entrada nas cachoeiras custa de R$ 3 a R$ 5 cada.

Cachoeira Véu de Noiva em Bonito, Pernambuco

A Cachoeira Véu de Noiva está entre as belezas naturais de Bonito Foto: Anchieta Dantas Jr.

Se quiser um passeio com mais emoção, na Cachoeira Véu de Noiva é possível fazer rapel na queda d’água que tem 32 metros de altura ou descer em uma tirolesa a 70 metros de altura por uma extensão de 700 metros. A primeira atividade custa R$ 35 por pessoa, já a segunda sai por R$ 40. Mas se você encarar as duas, lhe serão cobrados R$ 60. Outra coisa: fotos da sua aventura estão incluídas no preço. Eles aceitam cartões Visa e Mastercard. Eu particularmente não tive coragem de ir em nenhuma delas. Quem sabe em uma próxima vez, né?

Rapel na Cachoeira Véu de Noiva em Bonito, Pernambuco

Rapel na Cachoeira Véu de Noiva Foto: Anchieta Dantas Jr.

Como chegar

E para você que ficou interessado, para chegar ao Refúgio do Rio Bonito, de carro, o acesso se dá pela BR 232, desde Recife sentido Caruaru. Na altura da cidade de Bezerros, toma-se a BR-103. São uns 30 quilômetros até Bonito por esta rodovia.

Na entrada da cidade há um trevo com portal. Daí, é só seguir em frente até o fim da avenida principal, virar à direita e depois na primeira à esquerda. Ao sair de Bonito subir a serra por seis quilômetros até chegar a uma bifurcação (observar a placa Refúgio), pegar a esquerda na estrada de barro e seguir sempre em frente por uns dois quilômetros. A pousada estará à sua esquerda.

Já se a sua opção for por ir de ônibus, é só tomar a linha Recife/Bonito, pela empresa Borborema, na Rodoviária de Recife. Uma vez em Bonito, a propriedade pode indicar um transfer, cobrado à parte.

Serviço

Onde: Sítio Rio Bonito, 595, Colônia, Zona Rural, Bonito, a 136 km de Recife.
Horário: das 9h às 17h, para o day-use.
Valores: diárias desde R$ 400 o casal e day-use a R$ 85. Aceita cartões de débito e de crédito Visa, Marter e Hiper.
Site: www.refugiodoriobonito.com.br
Telefones: (81) 3423.1561, 99194.1357 e 99451.2690

Leia mais sobre o turismo rural em Pernambuco

Descubra o turismo rural de Pernambuco

Engenho Cachoeira: sabores e muita diversão em Pernambuco

Fazenda Brejo: a experiência da vida no campo no agreste pernambucano

Serra Negra, em Pernambuco, tem pôr do sol com muito forró

Pousada Fazenda Santa Fé: puro charme no agreste de Pernambuco

Cachaçaria Sanhaçu: tour mostra como é feita a cachaça

Portal de Gravatá: pioneiro no turismo rural de Pernambuco

 

O Blog Andarilho viajou a convite da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *