Lima-Cusco: como é voar de LC Perú

por

Foram três dias maravilhosos e de muitas surpresas bacanas na capital do Peru, conforme você pode conferir no post Lima: dicas e roteiro para descobrir e se encantar pela capital peruana. No entanto, uma viagem ao nosso vizinho andino tem que ter Cusco e, consequentemente, Machu Picchu no roteiro. E para se deslocar de Lima a Cusco, indiscutivelmente, a melhor opção é de avião. Em apenas 55 minutos de voo, com vistas incríveis da Cordilheira dos Andes, a gente desembarca em Cusco, a base ideal para o roteiro de uma semana que eu montei pela região.

Mas por que não de ônibus ou de trem, você deve estar se perguntando? Não seria mais barato? Simples! De trem não é possível. Já de ônibus, eu sinceramente acredito que você não vá querer passar entre 20 a 22 horas na estrada, pois segundo eu apurei, essa é a estimativa de tempo que as empresas de ônibus peruanas levam parta fazer o trajeto. É chão que não acaba mais, né? Então, apesar de ser bem mais barato, só pelo tempo que se perde, não vale a pena!

Dessa forma, uma vez acordados, vamos nos concentrar na opção avião. Nesse sentido, você tem duas alternativas: incluir o trecho Lima – Cusco no seu bilhete internacional ou comprar os bilhetes separadamente, usando, por exemplo uma companhia aérea local.

A primeira possibilidade é o melhor dos mundos, pois assim você garante que o limite de bagagens será o mesmo para todos os voos e poderá vir a conseguir uma tarifa mais interessante do que a compra dos bilhetes separadamente.

Mas como eu viajei ao Peru usando milhas, eu não tinha saldo suficiente para todo esse percurso e tive que encarar comprar as passagens aéreas Lima-Cusco por fora.

Além disso, por curiosidade, eu fiz uma consulta no site da companhia aérea em questão, e verifiquei que o trecho Lima-Cusco-Lima me custaria 24 mil pontos, enquanto pela viagem Fortaleza-Guarulhos-Lima e Lima-Guarulhos-Fortaleza, bem mais extensa,  eu desembolsei apenas 12 mil pontos a mais, ou seja 36 mil pontos.

Sinceramente? Achei muita milha para gastar! Mesmo que eu tivesse saldo suficiente, não valeria destinar tantos pontos para uma viagem tão curta, ainda mais considerando o que eu gastei para sair do Brasil e chegar ao Peru.

Ao mesmo tempo, há chances de encontrar passagens aéreas mais em conta, conforme eu relato a seguir.

Para encontrar as melhores tarifas, eu recorri ao nosso parceiro Voopter e o valor mais barato, entre os buscados por este site, foi o da LC Perú, que me cobrou para voar em outubro deste ano US$ 150 pelo trecho ida e volta, enquanto pela Latam, empresa pela qual voei até Lima (usando milhas), estava custando quase o triplo!

A LC Perú é uma empresa aérea fundada em 1993 e que realiza voos internos dentro do Peru, operando hoje em 12 diferentes cidades do país, com uma frota de 12 aeronaves, sendo cinco aviões Dash 8-200, um Dash 8-400 e seis Boeings 737-500. Seu hub é o Aeroporto Internacional Jorge Chávez, em Lima.

Confesso, que, aprincípio, fiquei receoso de voar por uma companhia que eu não conhecia. Porém, busquei informações e vi que daria para encarar com tranquilidade, até porque o tempo de voo seria bem curto.

E, para minha surpresa, a experiência foi muito melhor do que os relatos que li e do que eu estava esperando encontrar.

Como ir de Lima a Cusco

Vista da Cordilheira dos Andes no trajeto Lima-Cusco

Veja a seguir como é voar de LC Perú. O que posso dizer é que deve-se considerar essa opção se você não conseguir encaixar o trajeto Lima-Cusco na sua passagem saindo do Brasil ou achar tarifas exorbitantes em companhias aéreas maiores como a Latam e Avianca.

Compra da passagem

Como eu falei, utilizei nosso parceiro Voopter, que me direcionou para o site da LC Perú. O processo de compra é rápido e fácil. A empresa opera com tarifas nas classes Promo, Econômica, Flexível e Premium.

Como eu tinha uma mala para despachar, optei pela tarifa econômica que me dava direito a uma mala de porão de até 30 quilos e um volume de mão de até cinco quilos.

Vale lembrar que você vai precisar ter seu passaporte em mãos, pois é necessário informar o número, no momento de fechar a compra da passagem.

Não vi a opção de usar o RG brasileiro, mas vale consultar a companhia (o que pode ser feito por e-mail).

O processo foi bem ágil. Só tive problemas mesmo ao tentar finalizar a compra com o cartão de crédito (este precisa ser internacional e estar  liberado para compras no exterior).

Não sei porque razão, a página da LC Perú convertia o valor da passagem de dólar para real no câmbio do dia e esse tipo de operação não é autorizada pelos cartões de crédito internacionais emitidos no Brasil para compras no exterior ou em sites de outros países.

Tentei duas vezes e a compra me foi negada, mas como a LC Perú tem a opção de pagar via Pay pal, não pensei duas vezes e rapidamente finalizei a operação dessa forma. Fica a dica caso isso aconteça com você.

Quanto a marcação de assentos, felizmente, a empresa permite que isto seja feito no momento da aquisição da passagem aérea.

Check-in

A LC Perú permite o check-in on-line, pelo qual optei tanto no voo de ida como de volta. Tudo rápido e simples e você pode escolher entre imprimir o cartão de embarque ou gerar um para ser exibido pelo seu smartphone. Preferi imprimir.

Mas o que parecia ser uma vantagem fazer o check-in antecipadamente e apenas despachar sua bagagem ao chegar no aeroporto não funcionou bem no caso da LC Perú.

Sabe por quê? A fila para despachar bagagem ou fazer o check-in no aeroporto é a mesma e fica aquela confusão, apesar de eles tentarem agilizar ao máximo o serviço e serem bastante atenciosos com os passageiros.

No embarque em Lima, esse sistema até que foi tranquilo, pois o aeroporto é bem maior e cheguei com bastante folga em relação ao horário do voo, assim não peguei fila.

Mas no Aeroporto de Cusco foi onde a coisa pegou. O terminal é pequeno e havia apenas dois guichês atendendo, o que me fez ficar mais de meia hora na fila. Portanto, chegue cedo ao aeroporto!

Como ir de Lima a Cusco

Check-in no Aeroporto de Cusco Fotos: Anchieta Dantas Jr./Blog Andarilho

Outra coisa: eles substituem o cartão de embarque emitido on-line por outro que eles imprimem na hora. Vai entender, né?

Embarque

Assim como acontece no Brasil, a LC Perú também opera com sistema de prioridades e divide o embarque dos passageiros por fileiras, ou seja, o pessoal do fundo (da fileira 11 em diante) entra primeiro e depois os passageiros que se sentam na frente da aeronave (fileiras 1 a 10).

Na ida, como o trajeto até o avião foi feito em um ônibus, o embarque foi dividido entre a porta traseira e dianteira, a fim de obedecer os critérios mencionados. Mas tudo foi rápido e tranquilo tanto na ida como na volta.

No trecho Lima-Cusco o avião decolou no horário, mas no retorno a Lima tivemos um atraso de 1h40, isto esperando dentro da aeronave.

A companhia aérea colocou a culpa no tráfego aéreo. Verdade ou não, eu observei pela janelinha do avião, que, de fato, muitos voos estavam decolando naquele mesmo horário e, assim, formou-se uma fila de aeronaves até a cabeceira da pista.

No entanto, toda esta situação me deixou bastante apreensivo, pois eu tinha uma voo, naquele mesmo dia, às 12h55, da Latam para São Paulo, e ao invés de decolarmos ás 7h30, só o fizemos às 9h10. Segundo perguntei a outros passageiros, atrasos são comuns.

Felizmente, tudo deu certo. Mas fica a dica: considere imprevistos como este no seu voo de retorno de Cusco a Lima, caso vá tomar um avião para o Brasil no mesmo dia. Dessa forma, reserve os voos com bastante espaço de tempo entre um e outro.

O avião

A aeronave era um Boeing 737-500, o qual estava muito limpo e em excelente estado de conservação.

Dispostos três assentos de um lado e três do outro, o espaço para as pernas era pequeno (nada diferente das companhias aéreas brasileiras), mas tudo bem organizado e o encosto quase não reclinava. Mas, como o trajeto é tão curto, isso para mim não fez diferença.

Como ir de Lima a Cusco

Interior do Boeing 737-500 da LC Perú

Não espere entretenimento de bordo e nem porta USB ou tomadas para conectar o smartphone para recarga. Assim como o fato de o encosto do assento não reclinar, essa questão também não me fez falta, pois, repito, a viagem é muito rápida.

Serviço de bordo

Tanto no trecho de ida como de volta, os comissários estavam sorridentes o tempo todo e tentando ajudar ao máximo, mesmo quando havia algum problema de comunicação.

Dessa forma, não se preocupe com o seu “portunhol”, eles vão tentar ao máximo facilitar a comunicação.

Todos os pousos e decolagens foram bem tranquilos e não tivemos turbulências durante os voos.

Refeições

Dado o tempo de voo (apenas 55 minutos entre Lima e Cusco e vice-versa), tanto na ida como na volta foi servida apenas uma barra de cereal e como opções de bebidas havia sucos, refrigerantes, água, café e chá, servidos em copinhos plásticos.

Como ir de Lima a Cusco

Refeição servida na LC Perú: barra de cereal e refrigerante, o quel optei por Inca Kola

Conclusão

Trata-se de um serviço simples, honesto (bom preço), aviões relativamente novos, limpos e bem conservados e comissários simpáticos.

Porém, a LC Perúprecisa ficar mais atenta à pontualidade.

Mas no geral, esta companhia aérea é uma ótima opção para quem quer chegar em Cusco sem gastar muito com as passagens aéreas. Recomendo demais!

Acompanhe outros posts sobre o Peru

Lima: dicas e roteiro para descobrir e se encantar com a capital peruana

Peru: como planejar sua viagem a Cusco, Valle Sagrado e Machu Picchu

O que fazer em Cusco, no Peru: as melhores atividades e atrações

Machu Picchu: turista terá que escolher horário de visitação

Moray e as salinas de Maras: cenários incríveis para descobrir no Peru

Vale Sagrado dos Incas: como visitar e por quê conhecer!

Machu Picchu: como chegar à cidade inca e visitar por conta própria

Machu Picchu de trem: como é viajar de Inca Rail

Cusco além do básico: a incrível Montanha do Arco-Íris, no Peru

Monte sua viagem com a gente

E aí, está pensando em viajar ao Peru? Veja a seguir o que o Blog Andarilho pode fazer por você! Conosco, é possível montar uma viagem inteirinha sem sair de casa ou de onde você estiver e com poucos cliques. Olha só!

Fazendo suas reservas aqui pelos banners na lateral direita do blog ou pelos links a seguir você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda a manter a nossa página.

Nossos parceiros foram escolhidos a dedo para lhe oferecer o melhor custo/benefício em suas viagens.

Para procurar voos baratosacesse o Voopter  ou o Confira o Max Milhas e encontre tarifas que se encaixem no seu bolso. Eles reúnem várias ofertas de passagens em um só lugar!

Reserve seu hotel ou hostel pelo Booking clicando aqui e tenha uma estada com o melhor preço. Há várias opções com cancelamento grátis!

Seguro viagem com desconto? Nosso parceiro Segurospromo oferece mais de 10 seguradoras com planos e preços imbatíveis para você viajar protegido. Faça a sua cotação e garanta já seu desconto exclusivo.

Utilize o cupom “BLOGANDARILHO5”. Ele lhe dá direito a 5% de abatimento na compra do seguro de viagem. Não viaje sem seguro. Evite perrengues.

Vai querer alugar um carro em seu destino? Então, compare preços e tenha o melhor atendimento com Rentcars.com. Alugue aqui um veículo pagando em até 12X, livre de IOF e com até 60% de desconto.

E se você já quiser chegar ao seu destino conectado sem pagar uma fortuna de roaming, aposte no EASYSIM4U (saiba como foi nossa experiência), chip com internet ilimitada em mais de 140 países. Compre aqui.

Está sem tempo, não se sente seguro, precisa de ajuda para organizar a sua viagem? Confira nosso serviço de consultoria para o viajante. Entre em contato e vamos conversar!

E se durante a sua viagem você tiver problemas como atrasos e cancelamentos de voos, extravio de bagagem, overbooking, entre outros, a gente também tem a solução: acesse o Ajudajus  e reclame seus direitos na justiça de forma prática, segura e online e receba sua indenização Veja como funciona.

E o melhor: você só paga se ganhar a causa. Quer reclamar os seus direitos? Acesse aqui e receba!

 

Gostou desse post? Ele foi útil para você? Então, que tal compartilhar com seus amigos nas redes sociais? Os botões de compartilhamento estão no início e no fim do texto.

Sempre teve vontade de agradecer as dicas dadas pelo blog e não sabe como?

Veja aqui Como ajudar um blog que lhe ajuda a montar a sua viagem

E para acompanhar tudo que acontece no Blog Andarilho siga a gente no Facebook, no Instagram e no  Twitter e também não deixe de se cadastrar para receber a nossa Newsletter.

 

5 respostas
  • Italo
    Janeiro 22, 2018

    Esse blog é super completo e bem escrito. Parabéns, Anchieta Dantas Jr.

    • Anchieta Dantas Jr.
      Janeiro 23, 2018

      Muito obrigado, Italo!

      Volte mais vezes, pois sempre temos novidades. E se puder, assine a nossa Newsletter semanal, assim vc recebe direto no seu e-mail o conteúdo da semana e não perde nenhum dos nossos roteiros e dicas.

      Grande abraço,

      Anchieta

  • Gilberto
    Janeiro 27, 2018

    Olá

    O que você sabe sobre a tarifa de U$ 178,50 paga por não residentes no Peru, nos embarques de vôos domésticos?
    Pelo que ví algumas foram surpreendidas por essa tarifa que deve ser paga no balcão na hora do embarque.

    Quero viajar com pontos Multiplus, e tenho uma escala de aprox. 18h em Lima antes de seguir a Cusco. Gostaria de saber se tenho que pagar nova taxa de embarque e mais ainda se talvez seja necessário pagar a tal “gringo tax” como é conhecida esta taxa de U$ 178,50.

    Obrigado

    • Anchieta Dantas Jr.
      Janeiro 28, 2018

      Oi Gilberto,

      Tudo bem?

      Olha, eu voei de LC Perú, que é uma empresa peruana e que só faz voos domésticos, e não paguei taxa alguma.

      Assim como você, usei pontos Multiplus para voar de Fortaleza a Lima ida e volta (conexão em Guarulhos) e optei por voar de LC Perú o trecho interno (Lima-Cusco-Lima), pois o valor da passagem me custou a metade dos valores cobrados pela Avianca e a Latam.

      A única taxa que o governo peruano cobra a estrangeiros, de acordo com a legislação tributária local, é um percentual de 18% sobre o valor da hospedagem e de outros serviços turísticos se o viajante for permanecer no Peru por mais de 59 dias, o que acredito não é o seu caso.

      Portanto, lhe tranquilizo: eu sai do Brasil e voltei sem pagar essa taxa. Aliás, você já é segunda pessoa que me pergunta e acho bom esclarecer mais uma vez, pois eu não sei de onde saiu essa notícia de tarifa para não residentes no Peru no valor fixo de US$ 178,50.

      Isso não procede e seria um tiro no pé no turismo peruano que tanto tem crescido e é um país que vale muito à pena visitar.

      O que acontece é que, infelizmente, tem muita gente escrevendo sobre viagens e turismo sem o devido preparo e conhecimento. Uma coisa que aprendi na faculdade de jornalismo e economia foi a checar toda e qualquer informação antes de divulgar.

      Já, quanto a sua conexão em Lima, você não terá que pagar nova taxa de embarque não, pois tudo já terá sido pago quando da compra das suas passagens.

      No mais obrigado por sua visita e volte mais vezes, pois temos sempre novidade em roteiros e dicas. Aliás, se você puder assinar a nossa Newsletter seria uma boa, pois uma vez por semana você recebe diretamente no seu e-mail os links para o nosso conteúdo.

      Outra coisa, se puder fazer suas reservas de hospedagem (Booking), seguro viagem (Segurospromo, use o código BLOGANDARILHO5 e ganhe 5% de desconto) e chip internacional (EasySim4U) para já chegar conectado ao Peru eu lhe agradeço demais. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o meu trabalho.

      Mais uma vez obrigado e boa viagem!

      Abraços,

      Anchieta.

      • Gilberto
        Janeiro 29, 2018

        Obrigado pelo retorno

        Quanto a taxa, tem até reclamações no site reclameaqui, basta pesquisar por “taxa peru”
        Se pesquisar por “gringo tax” no google, vão aparecer vários links sobre ela, mas como meu inglês não é dos melhores e como algumas informações são conflitantes, não consegui chegar a nenhuma conclusão a respeito.

        Mais um vez obrigado e quando for possível usarei seu código sim!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *