Lisboa: quatro bares descolados para ver a cidade de cima

por

A cidade não tem propriamente o que se chama de arranha-céus. Mas quem precisa deles em Lisboa para poder apreciá-la do alto? O próprio relevo nos dá essa possibilidade, vide seus miradouros. Mas é que, além disso, subindo ao terraço de alguns edifícios, a maioria com poucos andares mesmo, se tem vistas deslumbrantes e com um algo a mais: bos música, bons drinques e comida deliciosa. Refiro-me a uma tendência que há alguns anos tomou conta de muitos destinos mundo afora e que caiu de vez no gosto dos portugueses.

São os rooftop bars, ou seja, bares nos telhados (em tradução livre para o português), que nada mais são do que bares instalados no topo de prédios, quase sempre com uma visão privilegiada da cidade. Eles são uma ótima opção para qualquer estação do ano. Mas, especialmente no verão, viram os queridinhos do público e ficam sempre lotados. Ainda mais pela capital portuguesa, onde dá para curtir a luz maravilhosa da cidade até o sol se pôr.

Meu primeiro contato com as versões portuguesas dos rooftop bars foi em 2011, quando estive no Noobai Café, localizado no Miradouro de Santa Cantarina, ou do Adamastor como também é conhecido. Apesar de não estar no topo de nenhum edifício, a casa tem, sim, toda a pegada desse conceito de bar.

No entanto, em minhas mais recentes passagens pela cidade (setembro e outubro deste ano, respectivamente), é que eu pude conhecer, de fato, entre tantas opções que foram surgindo em Lisboa deste então, alguns rooftop bars pelos quais eu cai de “amor à primeira vista”, e que, agora eu compartilho com você.

Topo Bar

Instalado no alto do Centro Comercial Martim Moniz, em frente à praça de mesmo nome, oferece uma vista panorâmica para o Castelo São Jorge, a Mouraria e para os miradouros da Graça e Nossa Senhora do Monte.

 

Os decks de madeira em diversos níveis dão um clima descontraído bacana Foto: Anchieta Dantas Jr.

Estive lá em um fim de tarde, para tomar uns copos (como os portugueses se referem quando saem para tomar uns drinques) e comemorar meu aniversário. A vista é tão linda que, enquanto permaneci no local, eu não vi ninguém que chegasse e não fosse fazer uma foto antes de se acomodar. Um colírio para os olhos, embalado com músicas estilo lounge e house, regado ainda com muitas taças de espumante, vinho branco ou cerveja.

Além do restaurante todo de vidro, anexo há um terraço com decks de madeira em diversos níveis, dando um clima descontraído muito bacana.

 

O Topo Bar oferece vista panorâmica para o Castelo São Jorge, a Mouraria e para os miradouros da Graça e Nossa Senhora do Monte Foto: Anchieta Dantas Jr.

O menu de bar é variado, com boa oferta de vinhos, espumantes, gins, coquetéis da casa e cerveja na pressão. Já o cardápio de petiscos, exibe croquetes, espetinhos e outras delícias, as quais eu confesso que vou ter que voltar para provar, pois fiquei apenas nos drinques e apreciando a paisagem.

Direções

Endereço: Centro Comercial Martim Moniz, 6º andar – Praça Martim Moniz (metrô Martim Moniz, linha verde)
Funcionamento: terça a quinta e domingo, das 17h à meia-noite. Sexta e sábado, 17h às 2h.
Telefone: +351 215 881 322
Site: topo-lisboa.pt

Park Bar

Este fica literalmente escondido. Quem segue pela Calçada do Combro, perto do Bairro Alto, sente-se um pouco perdido. Ao chegar no endereço divulgado, acaba dando de cara mesmo é com um edifício garagem e se pergunta se está mesmo no lugar certo. Relaxe! É aí mesmo.

O Park é um dos bares mais diferentes que eu já conheci em Lisboa, ocupa o terraço de um parque de estacionamento (daí o nome) e o acesso é pelo elevador (apertado e todo pichado, mas não se assuste) ou pelas escadas do prédio.

 

O Park faz o gênero jardim suspenso, com pequenas árvores e decoração rústica e bem descontraída

Uma vez por lá, o que se vê é um espaço aberto, fazendo o gênero jardim suspenso, com pequenas árvores e decoração rústica e bem descontraída – poltronas baixas feitas com paletes, mesinhas que lembram caixotes de feira – e que sempre tem boa música tocando.

A vista oferece um bom panorama do Rio Tejo e da Ponte 25 de Abril e ainda de uma das torres da Igreja de Santa Catarina, o que costuma render imagens, ao sol se pôr, que faz todo mundo deixar a taça na mesa e pegar o celular em busca da foto perfeita. Vá e depois me conte se não é assim!

Direções

Endereço: Calçada do Combro 58, piso 6, Bairro Alto. A estação de metrô mais próxima é a Baixa Chiado (linhas verde e azul). Depois é só seguir pela Rua do Loreto, cuja continuação é a Calçada do Combro.
Funcionamento: segunda a sábado, das 13h às 2h
Telefone: +351 215914011

Madame Petisca

Este rooftop veio fazer concorrência a dois pesos pesados do miradouro de Santa Catarina: a Esplanada do Adamastor, de um lado, e o Noobai Café, do outro.

O Madame Petisca ocupa o espaço do terceiro andar do hotel butique Monte Belverde e que durante vários anos serviu de restaurante do local. Mas, hoje, a casa é independente.

A vista que se tem é do Rio Tejo com a Ponte 25 de Abril. Há dois ambientes: um fechado, muito simpático, com ar-condicionado, musica suave, e outro aberto, espécie de terraço, ou esplanada como os portugueses costumam chamar, apropriado para os dias mais quentes.

 

A casa oferece vários petiscos, inclusive com opções vegetarianas, para saborear e para partilhar

E como o nome da casa indica, há vários petiscos, inclusive com opções vegetarianas, para saborear e para partilhar, com destaque para uma carta apenas com conservas. Experimentei a tábua de frios acompanhados de deliciosos pães caseiros e ainda chips de legumes (normalmente feitos com batatas) e adorei. Para beber vinhos, espumantes e coquetéis com e sem álcool.

Direções

Endereço: Rua de Santa Catarina, 17, 3º andar. Vizinho ao Miradouro de Santa Catarina. A estação de metrô mais próxima é a Baixa Chiado (linhas verde e azul)
Funcionamento: das 12h à meia-noite
Telefone: +351 915 150 860
Site: madamepetisca.pt

Noobai Café

Além dessas descobertas (pelo menos para mim), eu não poderia deixar de falar do Noobai, um querido que não deixo de frequentar quando passo por Lisboa. Mais simples que os demais, eu concordo, porém não menos agradável e interessante.

É excelente para um bate-papo com uma vista de babar. De fato, oferece o visual mais deslumbrante do Tejo e da Ponte 25 de Abril e vale chegar para ver o pôr do sol. E a noite, como é todo aberto, se estiver frio, há mantas para aquecer.

 

Do Noobai, a vista que se tem do Rio Tejo com a Ponte 25 de Abril é deslumbrante Foto: Anchieta Dantas Jr.

No menu, saladas, bruschetas e outros petiscos. Para beber, segue a linha dos demais bares citados. A propósito, aos domingos há música para desfrutar.

Direções

Endereço: Miradouro de Santa Catarina (Adamastor), 1200-401. A estação de metrô mais próxima é a Baixa  Chiado (linhas verde e azul)
Funcionamento: das 10h à meia-noite
Telefone: +351 21 346 5014
Site: noobaicafe.com

Claro que, além destas, há outras opções de rooftop bars em Lisboa. Contudo, essas eu realmente conferi e posso indicar.

Gostou desse post? Ajude o blog a crescer e compartilhe em suas redes sociais. Também não deixe de assinar a nossa Newsletter para não perder nenhuma dica.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *