Seis gastos desnecessários em aeroportos e como evitá-los

por

Constantemente, eu circulo por aeroportos do Brasil e do mundo e vejo o quanto as coisas são caras e como desperdiçamos dinheiro se deixarmos para fazer algumas despesas nos mesmos. Afinal, de que adianta a gente economizar no dia a dia para guardar dinheiro para viajar, ficar de olho nas promoções de passagens aéreas, reservar uma cama em um hostel ao invés de um quarto de hotel e procurar atrações gratuitas para fazer a viagem caber no orçamento, se começamos a torrar a grana já no aeroporto, antes mesmo de chegar ao destino final?

Seja por falta de planejamento ou por pressa, as pessoas acabam fazendo gastos exorbitantes nos terminais aeroportuários, totalmente desnecessários, e que podem perfeitamente serem evitados.

Para ajudar nessa tarefa, eu fiz uma lista de despesas das quais devemos fugir a todo custo em qualquer aeroporto do mundo e como contorná-las. Confira!

1. Lanches

Seis gastos desnecessários em aeroportos e como evitá-los

Deixar para matar a fome no aeroporto, definitivamente, não é uma boa ideia. Claro que eu já caí nessa armadilha e por isso atesto o que afirmo.

Que tal chegar a pagar R$ 9 por uma latinha de refrigerante ou R$ 10 por um simples salgado? Pois estes foram as quantias que eu desembolsei, recentemente, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Sem contar que eu encontrei sanduíches frios passando dos R$ 20. Um absurdo!

Como evitar? Ora, é muito simples! Programe-se. Compre algo no supermercado e deixe na bagagem de mão.

Outra alternativa é guardar alguma coisa que tenha sobrado do café-da-manhã do hotel, se estiver de acordo com as regras do estabelecimento, ou seja, se você puder embrulhar algo para levar.

Você também pode optar pela refeição dentro do avião, caso o preço seja convidativo.

Se o voo for longo, as refeições já estarão inclusas no preço das passagens, dessa forma você poderá guardar algum biscoito ou bolinho para comer no aeroporto, em caso de conexões demoradas.

2. Água mineral

Seis gastos desnecessários em aeroportos e como evitá-los

Enquanto em um supermercado, aqui no Brasil, compramos uma garrafinha de água mineral de 500 ml por R$ 1,30, em média, por que eu vou pagar de R$ 4 a R$ 6 por igual produto em um aeroporto, desembolsando até cinco vezes mais? Chega, passou a sede, hein?

Além disso, para que comprar uma garrafa de água no aeroporto se temos que jogá-la fora antes de embarcar? Ou você bebe tudo antes de passar pelo controle de bagagens ou a sua água, e consequentemente o seu dinheiro, vão literalmente para o ralo.

Afinal, não é permitido portar recipientes com mais de 100 ml de líquidos. Então, a garrafinha poderá até passar, porém desde que ela esteja vazia.

Como evitar? O melhor a se fazer é comprar uma garrafinha de água mineral no supermercado ou tomar água nos bebedouros do aeroporto mesmo.

3. Lembrancinhas

Seis gastos desnecessários em aeroportos e como evitá-los

Deixar para comprar lembrancinhas para amigos e familiares no aeroporto não é nada sensato se o objetivo for economizar. Além da falta de opção, você vai se deparar com preços totalmente fora da realidade.

Como evitar? Compre souvenires em feirinhas ou cooperativas de artesãos. Assim, além de adquirir produtos genuinamente locais, você ainda ajuda a comunidade do lugar.

Se você parar para observar, a maioria dos imãs de geladeira, bonequinhos, camisetas e outros itens comprados em lojas nos aeroportos ou mesmo no comércio local exibem o selo “Made in China”. Ninguém merece, né?

Se a ideia for presentear com os sabores regionais, opte por comprar em um supermercado, pois é extremamente mais vantajoso. Depois é só embrulhar em uma embalagem bacana.

Só esteja atento para saber se o produto passou pelo controle das autoridades sanitárias do país em questão, caso contrário ficará retido ao ingressar no Brasil.

4. Compras no free shop

Seis gastos desnecessários em aeroportos e como evitá-los

Foi-se o tempo em que comprar nos free shops dos aeroportos compensava. Com o dólar e o euro nas alturas, é recomendável fazer a conversão dos preços a fim de conter as compras por impulso.

Como evitar? Mais uma vez, se quiser comprar comidas ou bebidas típicas, faça-o nos supermercados locais.

Para eletrônicos, perfumes e demais produtos de beleza, faça pesquisas em sites do país que estiver visitando, é provável que comprar o produto no comércio da cidade saia mais barato.

E fique esperto!

Faça sempre uma lista dos produtos que deseja adquirir, anotando também os preços praticados em lojas físicas no Brasil e em lojas virtuais, assim fica fácil de saber se comprar no free shop será mesmo um bom negócio

5. Táxi

Seis gastos desnecessários em aeroportos e como evitá-los

A não ser que você faça questão de viajar com toda a comodidade, usar táxi para fazer o caminho do aeroporto até o hotel é a opção mais dispendiosa, principalmente nas cidades onde o terminal é muito longe do centro.

Como evitar: Usando o transporte público, sempre. Se você é do tipo que viaja com muitas bagagens, está aí um bom motivo para mudar a postura.

Confira aqui um Guia para fazer uma mala leve e prática

Caso essa não seja uma opção viável, verifique os preços das empresas de transferes. Algumas valem a pena, mas o transporte público sempre será o meio de deslocamento mais barato.

6. Uso de internet

Seis gastos desnecessários em aeroportos e como evitá-los

Gastar com internet em aeroportos é besteira, já que os terminais oferecem um período gratuito que na maioria dos casos é tempo suficiente para checar e-mails, redes sociais e até mesmo fazer uma ligação via Skype ou WhatsApp.

Como evitar? Se precisar de mais tempo conectado, o melhor a fazer é procurar um café, restaurante ou lanchonete que ofereça Wi-Fi gratuito para os clientes.

Para não cair em contradição com o item 1 desse post, consuma o produto mais barato do cardápio e peça a senha do Wi-Fi.

Atenção: em alguns casos, a rede poderá ser aberta, então você não precisará gastar nada.

Esses três posts que eu já publiquei também poderão ajudar a economizar com internet em aeroportos:

Mapa reúne senhas de Wi-Fi em aeroportos pelo mundo

Caçador de Wi-Fi, Guia de Cidades: Como o Facebook ajuda os viajantes

Encontre Wi-Fi gratuito pelo mundo

Planeje sua viagem com a gente

Fazendo suas reservas aqui pelos banners na lateral direita do blog ou links nas nossas postagens você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda a manter a nossa página.

Nossos parceiros foram escolhidos a dedo para lhe oferecer o melhor custo/benefício em suas viagens.

Para procurar voos baratosacesse o Voopter e encontre uma tarifa que se encaixe no seu bolso. Ele reúne todas as ofertas de passagens em um só lugar!

Reserve seu hotel ou hostel pelo Booking clicando aqui e tenha uma estada com o melhor preço. Há várias opções com cancelamento grátis!

Seguro viagem com desconto? Nosso parceiro Segurospromo oferece mais de 10 seguradoras com planos e preços imbatíveis para você viajar protegido. Faça a sua cotação e garanta já seu desconto exclusivo.

Utilize o cupom “BLOGANDARILHO5”. Ele lhe dá direito a 5% de abatimento na compra do seguro de viagem. Não viaje sem seguro. Evite perrengues.

Vai querer alugar um carro em seu destino? Então, compare preços e tenha o melhor atendimento com Rentcars.com. Alugue aqui um veículo pagando em até 12X, livre de IOF e com até 60% de desconto.

E se você já quiser chegar no seu destino conectado sem pagar uma fortuna de roaming, aposte no EASYSIM4U, chip com internet ilimitada em mais de 140 países. Compre aqui.

Sua viagem é para a Europa? Viaje de trem pelo Velho Mundo e deslumbre-se com as mais belas paisagens. Reserve agora seus trens com a RailEurope e garanta já a sua viagem!

 

Gostou desse post? Ele foi útil para você? Então, que tal compartilhar com seus amigos nas redes sociais para que eles também conheçam esses gastos desnecessários em aeroportos e como evitá-los? Os botões de compartilhamento estão no início e no fim do texto.

E para acompanhar tudo que acontece no Blog Andarilho siga a gente no Facebook, no Instagram e no Twitter e também não deixe de se cadastrar para receber a nossa Newsletter.

 

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *